COMO MELHORAR A PRODUTIVIDADE NAS EMPRESAS?

Está claro que a melhoria da produtividade laboral está entre as principais prioridades dos empregadores e empregados. O que também está claro é que, para alcançar o melhor desempenho nas organizações atuais, é necessária uma mudança de mentalidade e uma mudança nas práticas corporativas para criar ambientes de trabalho mais inclusivos.

Faz anos que este debate está na ordem do dia, e hoje, mais do que nunca, podemos continuar a falar sobre o facto de o presentismo estar estabelecido nas nossas empresas. O pensamento um tanto arcaico de que por ficar mais horas no local de trabalho se é mais produtivo permanece habitual. De modo a conseguir evoluir e incentivar a produtividade, devemos alterar esse pensamento para objetivos como fomentar a motivação, incentivar a criatividade e procurar o bem-estar dos nossos empregados. É importante incorporar esta dinâmica de trabalho na atual cultura empresarial e saber transmiti-la bem aos nossos empregados, fornecendo-lhes as ferramentas para que apliquem estas técnicas no seu dia-a-dia.

Na nossa vasta experiência em processos de digitalização, recrutamento e auditoria, tiramos conclusões interessantes. Abaixo listamos, de uma forma geral, as práticas mais benéficas para aumentar a produtividade e criar ambientes de trabalho positivos e motivadores na tua empresa:

TÉCNICAS DE TRABALHO ATUALIZADAS

Os gestores têm a responsabilidade de melhorar, atualizar ou alterar comportamentos de trabalho antigos e improdutivos. A modernização da maneira como se desenvolve a atividade da empresa será fundamental para criar ambientes rentáveis. Criar dinâmicas de trabalho criativas, inovadoras, que fomentem o trabalho em equipa e que façam com que as pessoas deixem a sua zona de conforto, ajudará a que os trabalhadores se sintam mais motivados. A inclusão da digitalização nos processos é um fator chave para garantir o sucesso destas técnicas.

PAUSAS ATIVAS

O descanso é fundamental em qualquer tipo de trabalho. Descansar após cada atividade, esticar as pernas evitará futuros problemas de costas, cabeça e diminuirá o nível de stress. Ter uma cafetaria e uma sala de refeições em condições, ou criar espaços destinados apenas para o relaxamento, nos quais seja possível fazer uma pausa ativa, como tomar um café ou realizar uma reunião informal, são essenciais para reduzir o esgotamento físico e mental, e farão com que os empregados se sintam mais confortáveis no seu local de trabalho.

AUTONOMIA

A formação de funcionários autónomos, com capacidade de priorizar tarefas, planificar as suas atividades e otimizar os seus horários também faz parte da responsabilidade da empresa. Temos que dotar o empregado de ferramentas que facilitem a organização do trabalho, a capacidade de criar listas de tarefas para poder cumpri-las, que possam estabelecer prazos de entrega realistas e que se envolvam na calendarização dos projetos em grupo.

TELETRABALHO

São cada vez mais, as empresas que optam por oferecer diferentes soluções de teletrabalho. São muitas as vantagens proporcionadas por esta forma de trabalho em ambos os lados. A conciliação com a vida familiar e pessoal do funcionário e a redução de custos em mobiliário e equipamento informático para a empresa são alguns dos benefícios. Graças ao teletrabalho, o trabalhador tem uma maior sensação de liberdade. Os horários e o não ter que se deslocar, permitem-lhe uma maior capacidade de organização e autonomia. Nós na The Key Talent praticamo-lo e muito.

FLEXIBILIDADE HORÁRIA

Apostar na flexibilidade horária é essencial para que o funcionário possa desfrutar da sua vida privada. A otimização dos horários é possível e ajudará a reduzir a sensação de perda de tempo ou a falta de tempo em família. Essa medida, passa também por otimizar o horário das refeições. Se olharmos para o país vizinho, é muito comum ver nas empresas espanholas pausas para comer de uma ou inclusivamente de duas horas, estando demonstrado que se se dedicarem 30 a 45 minutos para comer, a carga de trabalho mantem-se estável ao longo do dia e a produtividade aumenta. Desta forma, também se consegue antecipar a hora de saída, algo muito positivo para a felicidade do trabalhador.

PÕE PAIXÃO EM TUDO O QUE FAZES

A paixão pelo trabalho é o que mais pode ajudar a melhorar a produtividade. A paixão pelo que fazemos está dentro de cada um, mas dentro das organizações pode-se melhorar e promover esse sentimento com ações que envolvam os empregados nos objetivos da empresa. Devem portanto ser colocados como uma parte importante com quem se tem que estabelecer uma comunicação fluida e bidirecional. Isto ajudará a fortalecer a sua paixão, que está intimamente relacionada com o ambiente em que trabalha e com o grau de envolvimento oferecido pela empresa. Tirar o maior proveito do talento e retê-lo só será possível se promovermos a sua motivação e se o trabalhador se sentir parte das realizações da empresa. Uma pessoa que gosta do que faz será sempre um melhor trabalhador.

Existem muitas formas de melhorar a produtividade nas empresas. Mas todas passam pelo cuidado e bem-estar do trabalhador. Sentir-se à vontade no trabalho, é o principal indicador para o aumento da produtividade. E tu, que técnicas utilizas para melhorar os índices na tua empresa?

Nota: Artigo escrito em colaboração com o Social Reacher.

Leave a Reply